Terça-feira 17 Jumada Al-Awwal 1440 - 22 Janeiro 2019
Portuguese

Ao compensar os jejuns perdidos, é essencial estabelecer a intenção na noite anterior, como é exigido no caso do jejum original

Pergunta

Eu não estava ciente que os jejuns perdidos no Ramadan, devido à menstruação, tinham que ser compensados antes de iniciar os nawafil (voluntários), e eu o fiz, então, existe a possibilidade de mudar a intenção dos nawafil anteriores que cumpri ou mudar a intenção do jejum durante o dia? Porque o que fiz hoje, por exemplo, comecei com a intenção de cumprir um jejum nafil, mas posso mudá-lo agora para a intenção de compensar os que perdi no Ramadan?

Texto da resposta

Todos os louvores são para Allah.

Em primeiro lugar:

Não é válido mudar a intenção de fazer um jejum voluntário que foi completado de modo a fazê-lo um jejum para compensar um dia do Ramadan que a pessoa não jejuou porque, ao compensar os jejuns perdidos, é essencial que se estabeleça intenção na noite anterior, pois compensá-los está sob as mesmas regras que o jejum original. O Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse: “Quem quer que não intencione jejuar antes da alvorada, seu jejum não conta.” Narrado por at-Tirmidhi, 730; classificado como sahih por al-Albaani em Sahih at-Tirmidhi. At-Tirmidhi disse, depois de citá-lo: “O que se entende, de acordo com os sábios, é que o jejum não conta para quem não forma a intenção de jejuar antes do amanhecer no Ramadan ou ao compensar um jejum dele perdido ou ao jejuar em cumprimento de uma promessa. Se a pessoa não formar a intenção de jejuar na noite anterior, então esse jejum não conta. Quanto aos jejuns voluntários, é permitido que se faça a intenção depois do amanhecer. Esta é a opinião de ash-Shafa’i, Ahmad e Ishaaq.” Fim de citação.

An- Nawawi (que Allah tenha misericórdia dele) disse:

“Um jejum do Ramadan, compensar um jejum, um jejum expiatório, aquele oferecido como fidyat al-Hajj (compensação pelos erros cometidos no Hajj) ou outros jejuns obrigatórios, não são válidos se a intenção não for formada no dia anterior. Não há diferença de opinião quanto a este assunto.”

Fim de citação de al-Majmu‘, 6/289.

Consulte: al-Mughni de Ibn Qudaamah, 3/26 

Isto acontece porque mudar a intenção depois de terminar um ato de adoração não tem impacto algum.

As-Suyuti (que Allah tenha misericórdia dele) disse em al-Ashbaah wa’n-Nazaa’ir, p. 37:

“Se alguém intenciona finalizar sua oração depois de completá-la, isso não a torna inválida, de acordo com o consenso acadêmico. O mesmo aplica-se a outros atos de adoração.” Fim de citação.

Então, o jejum que foi feito com a intenção de cumprir um jejum voluntário não pode contar como um jejum feito para compensar (um jejum obrigatório perdido).

E porque, se a pessoa o iniciou como um jejum voluntário, então decide, ao longo do dia, mudá-lo para jejum feito para compensar um jejum obrigatório perdido, teria então jejuado parte daquele dia obrigatório baseado em que era voluntário, assim, ela não pode compensar um jejum obrigatório, porque as ações são pelas intenções,  e ela jejuou parte do dia com a intenção de o jejum ser voluntário.

E por ter mudado a intenção de um jejum comum para um específico, isso não é válido.

E Allah sabe melhor.

Para mais informações, consulte a resposta à pergunta nº 39689

Devemos ressaltar, no entanto, que quem ainda tem que compensar jejuns do Ramadan não está proibido de fazer jejuns nawafil, como mencionado na pergunta. Ao contrário, a opinião correta é que se a pessoa quiser fazer um jejum voluntário enquanto deve um jejum obrigatório, como compensar os dias perdidos do Ramadan e coisa parecida, seu jejum é válido, desde que ainda reste tempo para compensar o que deve antes do próximo Ramadan começar. Mas, o que não é permitido é jejuar os seis dias de Shawwaal antes de compensar o que é devido do Ramadan. Todavia, este é um assunto sobre o qual os sábios diferiram.

Consulte também a resposta às perguntas 41901 e 39328.

Enviar comentário