Segunda-feira 14 Shawwal 1440 - 17 Junho 2019
Portuguese

Regras do I'tikaaf (retiro na mesquita) e as provas de que é prescrito no Islam.

Pergunta

Qual é a decisão sobre I'tikaaf?

Texto da resposta

Todos os louvores são para Allah.

Em primeiro lugar:

O I'tikaaf é prescrito de acordo com o Alcorão, a Sunnah e o consenso dos sábios.

No Alcorão, Allah diz (interpretação do significado):

“E recomendamos a Abraão e a Ismael: Purificai Minha Casa para os que a circundam e para os que estão em retiro e para os que se curvam e se prosternam” [Al-Baqarah 2: 125]

"E não vos junteis a elas, enquanto estiverdes em retiro nas mesquitas" [Al-Baqarah 2: 187]

No que diz respeito à Sunnah, há muitos ahadith, como o hadith de ‘A’isha (que Allah esteja satisfeito com ela), que disse que o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) costumava fazer o I'tikaaf durante os últimos dez dias do Ramadan até que Allah levou sua alma, então suas esposas observavam o I'tikaaf depois que ele faleceu. Narrado por al-Bukhari de 2026; Muslim, 1172.

No que diz respeito ao consenso dos sábios, mais de um dos estudiosos narrou que havia consenso acadêmico que o I'tikaaf é prescrito na Shari'ah, como al-Nawawi, Ibn Qudaamah, Shaikh al-Islam Ibn Taymiyyah, e outros.

Veja al-Majmu', 6/404; al-Mughni, 4/456; Sharh al-'Umdah, 2/711.

O Shaikh Ibn Baaz disse em Majmu' al-Fataawa, 15/437:

Sem dúvida o I'tikaaf na mesquita é um ato de adoração, e (observá-lo) no Ramadan é melhor do que em outros períodos. É prescrito no Ramadan e em outros momentos.

Em segundo lugar:

A regra sobre o I'tikaaf.

O princípio básico é que o I'tikaaf é Sunnah, não é obrigatório, a menos que se faça uma promessa para oferecê-lo, caso em que se torna obrigatório, porque o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) disse: "Quem quer que prometa obedecer a Allah, que O obedeça, e quem quer que jure desobedece-Lo, que ele não O desobedeça." Narrado por al-Bukhari, 6696.

E 'Umar (que Allah esteja satisfeito com ele) disse: "Ó Mensageiro de Allah, durante a Jaahiliyyah eu jurei observar o I'tikaaf por uma noite em al-Masjid al-Haram." Ele disse: "Cumpra a sua promessa." (6697)

Ibn al-Mundhir disse em seu livro al-Ijmaa’ (p 53):

Foi acordado por unanimidade que o I'tikaaf é Sunnah e não é obrigatório, a menos que um homem se obrigue a fazer isso, fazendo uma promessa, caso em que se torna obrigatório para ele.

Veja Fiqh al-I'tikaaf por Dr. Khaalid al-Mushayqih, p. 31.

Enviar comentário